Escrito em 2 setembro, 2019 em Agronegócio

  Atualmente o Brasil é o segundo maior produtor de soja do mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos.  Entretanto, esse cenário pode mudar na colheita da próxima safra. Sabe porquê?

Em recente avaliação das plantações de soja americanas, o departamento de agricultura dos Estados Unidos declarou possível queda de 123,6 milhões de toneladas para 112 milhões por causa das péssimas condições climáticas que o país vem enfrentando.

Em contrapartida, a produção brasileira está sendo estimada em torno de 123 milhões de toneladas para a próxima safra, registrando um aumento de 6 milhões, o que, se confirmado, tornará o Brasil o maior produtor mundial de soja.

A soja produz mais proteínas por hectare que qualquer outro cultivo, sendo utilizada na alimentação humana e animal. Na indústria e na produção de biodiesel. O grão é rico em proteínas, potássio, vitaminas e tem baixa quantia de gordura saturada. Já na indústria, a soja está sendo cada vez mais utilizada como matéria-prima em setores como o de farmácia, veterinário e cosmético.

Pensando no produtor de soja brasileiro, a Alfa Instrumentos desenvolveu uma vasta linha de aplicações que oferecem ao segmento mais qualidade e precisão na pesagem, trazendo confiabilidade nos resultados e diminuição nos custos.